Follow by Email

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Marca do meu erro

Eu sou quem anda perdida.
Perdida, sem nome, sem sonho!
E quase sem vida!
Um ser perdido por escolhas, enganos e erros.
Erros que marcaram a minha essência e meu corpo.
Corpo e alma que estão perdidos em
um abismo escuro à procura da luz.
Que poderia recuperar o meu ser.
Um ser triste, iludido e amargurado pelas consêquencia.
dos seus próprios erros.
Erros que deveriam ajudar à aprender e a levantar.
Mas tornaram-se pedras de julgamentos.
Julgamento que acaba comigo.
Mas espero encontrar a luz
e assim a fé de um dia poder sair
disso e viver feliz e paz

Autoria: Edina de Araujo Ribeiro

Nenhum comentário: